Buscar

Peritos da PCDF pedem urgência na vacinação.

Atualizado: Abr 12

Após autorização de vacinação dos profissionais da Segurança Pública do DF, foram imunizados mais de 700 policiais civis. Entretanto, nenhum Perito Criminal da Polícia Civil do Distrito Federal fora contemplado com doses da vacina da COVID-19.


Apesar do iminente risco de contágio desses profissionais e de paralisação de atividades, em virtude de uma contaminação desenfreada, não há previsão de serem incluídos no Plano de Vacinação.


É importante lembrar que Peritos Criminais, lotados na Seção de Crimes Contra a Pessoa, realizam exames em locais de crimes, manuseando cadáveres.


Ontem (08/04), médicos legistas e técnicos de necropsia foram contemplados na lista de vacinação, com data prevista para a segunda-feira, dia 12/04.


É importante ressaltar que 1/3 dos Peritos Criminais da Morte Violenta - MV (assim conhecida a Seção de Crimes Contra a Pessoa) já testaram positivo para a COVID-19, sendo já de conhecimento 1 (um) caso de reinfecção.


Rotineiramente são realizados exames em hospitais e em presídios. Em ao menos uma ocasião, foram realizados exames em áreas exclusivamente destinadas a contaminados pela COVID-19. No dia 05/04, por exemplo, Peritos Criminais da MV examinaram cadáver de um preso, cuja suspeita de morte era infecção pelo coronavírus.


Outros Estados já reconheceram a vulnerabilidade dos Peritos Criminais e fora autorizada vacinação desses profissionais.


O Estado do Amazonas determinou hoje, dia 09/04, a inclusão de Peritos Criminais no plano de vacinação. O pedido de inclusão foi feito pelo Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado da Amazonas.


Além do Estado do Amazonas, Paraíba, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Maranhão e Paraná já deram início à vacinação de Peritos Criminais.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo