Buscar

Peritos Criminais do Instituto de Criminalística avaliam 750 notas falsas todo ano

Dados levantados pelo Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) revelam que, desde 2018, foram investigados mais de 500 casos envolvendo notas de dinheiro falsificadas. No total, os experts examinaram mais de 3 mil notas.

Parte dessas cédulas suspeitas é de R$ 200. Pouco mais de um ano após o lançamento, em 2 de setembro de 2020, Peritos Criminais identificaram 78 dessas notas falsas.

Desde que entraram em circulação, o IC recebeu 80 novas cédulas suspeitas no valor de R$ 200 para exame. Do total, apenas duas voltaram à circulação, pois eram verdadeiras. Em média, contabilizou-se cinco possíveis falsificações a cada mês.

Além das cédulas de dinheiro, os Peritos Criminais da Seção de Perícias Documentoscópias (SPD/IC) analisam também documentos suspeitos de falsificação, como notas fiscais, atestados médicos, contratos, carteiras de motorista, entre outros.

Em 2021, a SPD desenvolveu um trabalho com o objetivo de categorizar os tipos de falsificações de cédulas que chegam ao IC.

A partir dessa categorização, o Instituto de Criminalística pretende elaborar orientações para serem levadas à população, a fim de que seja mais fácil para comerciantes e cidadãos em geral identificarem fraudes e, assim, ajudarem a polícia na apreensão de dinheiro falso.


Fonte: https://www.metropoles.com/distrito-federal/na-mira/peritos-avaliam-750-notas-falsas-todo-ano-maioria-sai-do-trafico




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo