Buscar

Caso Beatriz

Em entrevista, a ex-chefe da Polícia Científica de Pernambuco, Sandra Santos, explica passo a passo como a perícia conseguiu identificar o assassino de Beatriz.

Beatriz foi morta em 10 de dezembro de 2015, quando estava na formatura da irmã, no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora. O corpo dela foi achado com uma faca do tipo peixeira cravada na região do abdômen. A menina também tinha ferimentos no tórax, membros superiores e inferiores.

O DNA encontrado no cabo da faca, segundo o laudo pericial, é de Marcelo da Silva, de 40 anos, que está preso por outros crimes. O exame de local e o levantamento dos vestígios biológicos, bem como sua preservação por quase 7 anos, foram cruciais para a elucidação do caso.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo